Notícias GOU

Proposta da Anvisa pode prejudicar cirurgiões-dentistas

19/10/2011

Fique informado e se mobilize contra esse possível retrocesso
 
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) está discutindo uma proposta de resolução que, se aprovada com a redação original, será prejudicial aos cirurgiões-dentistas e pacientes. O documento pretende impor novas regras para o mercado de equipamentos de saúde, inclusive os odontológicos. 
 
Um dos principais pontos é a determinação de que, “somente poderão ser comercializados, recebidos em doação, trocados ou cedidos os equipamentos usados localizados em território nacional que se submeterem ao recondicionamento, conforme critérios estabelecidos neste Regulamento”. E o critério que chama mais a atenção é o que obriga que “o recondicionamento deverá ser executado exclusivamente pelo fabricante do equipamento ou terceiro sob sua responsabilidade”. 
 
O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (Crosp) considera essa regra uma reserva de mercado, que vai inflacionar e burocratizar o setor de equipamentos de saúde. Os cirurgiões-dentistas terão que se submeter a custos elevados e prazos dilatados para reparos simples como ajustes na cadeira odontológica ou a substituição de uma lâmpada do refletor. 
 
O Crosp quer levar a Anvisa a rever o documento. Para isso, está solicitando que os dentistas enviem manifestações contrárias a essa proposta. 
 
Serviço- Para participar do movimento, envie mensagem para o diretor-presidente da Anvisa, Dirceu Brás Aparecido Barbano, e para o diretor adjunto, Luiz Roberto Klassmann, comunicando que os cirurgiões-dentistas são contrários à proposta. O endereço é: presidencia@anvisa.gov.br É importante que a manifestação seja enviada com cópia para o Crosp, no endereço presidente@crosp.org.br. O Conselho vai juntar todas essas mensagens e utilizar como mais um argumento nas negociações.
 
Confira no site do Crosp outros pontos polêmicos do documento
www.crosp.org.br/noticias/exibir/
 


GOU Clínicas Lucélia (SP): uma franquia comandada por uma ‘família’

13/10/2011

O sucesso está relacionado, em grande parte, à equipe de trabalho da unidade

 
Qual o diferencial da GOU Clínicas (Grupo Ortodôntico Unificado) de Lucélia? Todo orgulhoso, o dentista e sócio-proprietário, Carlos Alberto Takara, responde: “aqui trabalhamos como uma família”. 
 
Antes de investir na marca, Takara possuía um consultório na cidade há mais de 20 anos. Como a maioria dos profissionais da saúde, por não ter afinidade com a área comercial, ele conta que tinha dificuldade para conseguir novos clientes. Quando mudou para a GOU, esse problema foi resolvido: o número de pacientes aumentou cinco vezes mais, quando comparado com o da antiga clínica. 
 
“Fiquei impressionado com a metodologia de trabalho da franquia. A minha equipe comercial, que foi treinada pela franqueadora, sabe exatamente onde estão os clientes que precisamos buscar. A força da marca é tamanha que, em Lucélia, quando alguém pensa em colocar aparelho, logo se lembra da GOU”. 
 
Para ele, a receptividade do negócio está muito acima do esperado. A clínica possui em torno de 400 pacientes e, a meta, é fechar o ano com 600. A unidade fatura R$ 18 mil reais por mês e anseia fechar o ano na casa dos R$ 30 mil. “Mensalmente, a intenção é somar 50 clientes e, em 2012, desejamos atingir 70.” 
 
O desejo de vencer é familiar
 
Ele conta que o sucesso da clínica está relacionado, em grande parte, à equipe de trabalho da unidade. “Aqui todos se sentem parte do projeto. Estamos aprendendo e crescendo. Somos uma família.”
 
Falando em família, a franquia possui uma iniciativa bastante interessante: a cada 100 novos clientes, um churrasco é realizado. É assim que a unidade comemora o sucesso dos negócios. “A intenção é motivar os colaboradores e também estreitar os laços de amizade. Vejo que todos estão se esforçando mais para conseguir os resultados.” 
 
A união dos colaboradores é tão bacana que no aniversário de Takara, em agosto, todos se mobilizaram para preparar uma festa surpresa. “Mal pude me conter de tanta surpresa e felicidade.” 
 
 
 


GOU Clínicas firma parceria com o Sindaevpesp

13/10/2011

A iniciativa abrange todas as franquias do Grupo
 
A GOU Clínicas (Grupo Ortodôntico Unificado) tem se esforçado para levar saúde bucal a um público cada vez maior. Dentro deste propósito, firmou parceria com o Sindicato dos Agentes de Escolta e Vigilância Penitenciária do Estado de São Paulo (Sindaevpesp). Agora, os tratamentos ortodônticos prestados por todas as franquias estão disponíveis, com descontos especiais, para todos os associados e dependentes do sindicato. 
 
Segundo a consultora de operações da marca, Eliana Padiar, a GOU tem como meta proporcionar atendimento classe A para todos os públicos. “Essa parceria vem ao encontro desse desejo.” 
 
A GOU Clínicas, que tem buscado oferecer o mais alto padrão em tratamentos ortodônticos, com atendimento personalizado e acessível à toda população, vem se destacando no cenário nacional e trabalha para ser a maior prestadora de serviços ortodônticos do País.
 
Informações- A parceria abrange todas as clínicas do grupo. Confira no site a unidade mais próxima http://www.gouclinicas.com.
 


GOU Clínicas de Sertãozinho (SP) participa de festa tradicional no ‘Dia das Crianças’

13/10/2011

A ação conscientizou os participantes da festa sobre a importância da saúde bucal
 
A festa do ‘Dia das Crianças’ de Cruz das Posses, distrito de Sertãozinho, já se tornou tradicional. Este ano, a 6 ª  edição do evento ocorreu no domingo, dia 9 de outubro, na praça central da cidade. Em homenagem às crianças das redondezas, a GOU Clínicas (Grupo Ortodôntico Unificado) de Sertãozinho participou do evento disseminando informações sobre saúde bucal e sorteando brindes. 
 
Segundo Rose Iaquimitro, coordenadora da unidade, a clínica foi a responsável por parte da doação dos picolés que deixaram as crianças para lá de felizes. “Também sorteamos kits de escovação e camisetas, enquanto conscientizávamos os participantes sobre a importância da saúde bucal.” 

Unidade GOU Sertãozinho
 
Fundada em maio deste ano, a clínica é liderada pelos médicos e irmãos Rodrigo e Rafael Soato. Em franca expansão, já soma mais de 200 pacientes e possui planos ambiciosos: alcançar 80 novos cientes mensalmente. Para isso, a direção tem fortalecido e apoiado o trabalho da equipe comercial. 
 

 


Ser criança exige um belo sorriso

07/10/2011

 ‘Os pais devem dar o exemplo, escovando os dentes na frente dos pequenos’, diz especialista

 

O ‘Dia das Crianças’ é um momento especial para atacar guloseimas. As mães, até mesmo as mais duronas, abandonam as ‘armaduras’, permitindo alguns exageros. Quando a festa termina, é tempo de voltar ao mundo real: é hora de escovar os dentinhos.

 

Segundo o dentista e sócio-proprietário da GOU Clínicas (Grupo Ortodôntico Unificado), Paulo Gehrke, a higiene bucal para crianças deve ser levada a sério desde muito cedo, pois é na primeira infância que se dá a calcificação dos dentes permanentes. “Os pais devem dar o exemplo, escovando os dentes na frente dos pequenos.” 

 

Ele aconselha os pais a usarem os recursos do mundo da criança para tornar a escovação mais divertida. “É bacana comprar escovas coloridas e com desenhos. Claro, respeitando sempre a questão da funcionalidade.” 
  
Também motiva a formulação de brincadeiras que envolvam a hábito de limpar os dentinhos. “É necessário dar asas à imaginação e se colocar no nível da criança. Assim, escovar os dentes vira uma festa.” 
 
Dica de atividade 
 
Explicar o que acontece quando não se escova os dentes. Por exemplo, dizer que os dentes ficam escuros e com mau cheiro. Logo em seguida, peça para seu filho desenhar uma criança que se recusa a escovar os dentes. Ela vai aprender brincando a importância de cuidar da saúde. 
 
 


Primeira Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 Próxima Última